Suplementação com Suco de Beterraba Melhora o Desempenho Durante os Esforços Intermitentes de Alta Intensidade?

Domínguez, Raúl, et al. "Effects of beetroot juice supplementation on intermittent high-intensity exercise efforts." Journal of the International Society of Sports Nutrition 15.1 (2018): 1-12.

O suco de beterraba contém altos níveis de nitrato inorgânico (NO3-). Sua ingesta tem se mostrado efetiva em aumentar as concentrações sanguíneas de óxido nítrico (NO), que por sua vez, possui inúmeras funções fisiológicas, tais como as hemodinâmicas e metabólicas.

Mediado pela ação da enzima guanilil ciclase, o NO exerce efeitos no músculo liso, causando a vasodilatação. O processo aumenta o fluxo sanguíneo para a fibras musculares esqueléticas, promovendo uma melhora na troca gasosa. O NO também induz a expressão gênica que melhora a biogênese e eficiência mitocondrial, podendo favorecer uma melhora do metabolismo oxidativo.

Considerando os efeitos do NO na vasodilatação, fluxo sanguíneo e consequentes efeitos benéficos na contração muscular, diversos estudos têm observado os efeitos ergogênicos da suplementação do suco de beterraba nos esforços com alta demanda de ATP via metabolismo oxidativo.

Nove trabalhos preencheram os critérios de inclusão estabelecidos no estudo em questão. Os resultados indicaram que uma dose única, ou administradas durante poucos dias, melhorou o desempenho nos esforços intermitentes de alta intensidade e intervalos curtos de recuperação. As melhoras foram atribuídas a mecanismos como a otimização da velocidade de ressíntese de fosfocreatina - postergando sua depleção durante os esforços repetitivos - a melhora da liberação e recaptação de cálcio do retículo sarcoplasmático nas fibras do tipo II - aumentando assim sua capacidade de produção de força. Tais efeitos, podem levar a uma vantagem fisiológica no tocante ao recrutamento dessas fibras durante os esforços de alta intensidade.

Adicionalmente, através do aumento da velocidade de contração, a suplementação também melhorou a produção de potência. Os achados também sugerem a melhora de indicadores de fadiga muscular, todavia, os mecanismos envolvidos ainda carecem de maiores explicações.

Esse infográfico é uma homenagem ao meu grande amigo e um dos melhores nutricionistas do Brasil, o professor @nutriclaudiochinaglia. Ele inseriu na minha dieta um copo de suco de laranja com beterraba antes dos meus treinos de Jiu-jitsu. A melhora no desempenho foi nítida! Hoje, consigo sustentar durante muito mais tempo os esforços de alta intensidade e realizar os treinos com melhor qualidade técnica e física!

Professor Cláudio, muito obrigado!

Procurem sempre um nutricionista que esteja cientificamente atualizado e saiba embasar biologicamente suas intervenções!