Nutrição para Acelerar a Recuperação do Dano Tecidual Induzido pelo Exercício. Parte 2: creatina e polifenóis

Nutrição para Acelerar a Recuperação do Dano Tecidual Induzido pelo Exercício. Parte 2: creatina e polifenóis

Markus, I., et al. "Exercise-induced muscle damage: mechanism, assessment and nutritional factors to accelerate recovery." European Journal of Applied Physiology: 1-24.

Na parte 1 do post, levantamos alguns postos-chave do artigo, colocando a influência da suplementação de proteínas e beta alanina sobre a recuperação do dano tecidual induzido pelo exercício.

Segue os pontos de destaque no tocante a suplementação de creatina e polifenóis.

Creatina

A eficácia da suplementação de creatina no desempenho de atividades de força e potência é bem documentado na literatura. Adicionalmente ao seu efeito ergogênico, tem sido proposto que a suplementação também possa otimizar a recuperação pós-exercício. Todavia, os resultados das investigações ainda não suportam os benefícios da suplementação de creatina para otimizar a recuperação.

Polifenóis

Considerados como antioxidantes, sua principal função é manter um balanço oxidativo no nosso corpo. Estudos mostram que a suplementação atenua os decréscimos de força de forma aguda, sendo mais eficazes na recuperação dos exercícios de alta intensidade do que nos de maior volume.

Considerações finais do trabalho

O dano tecidual induzido pelo exercício e a subsequente resposta inflamatória são processos naturais e integrantes do reparo muscular. Os processos podem ser ocasionados pelo estresse mecânico e metabólico, induzidos pela prática dos treinamentos de força, potência e resistência.

A magnitude do dano e inflamação, decréscimos no desempenho, dor e tempo de recuperação, é complexa. Depende de fatores como o sexo, idade, nutrição, nível de treino, genética e familiaridade com os exercícios realizados.

Até o presente momento parece não haver um consenso sobre uma dieta específica que otimize a recuperação do dano tecidual induzido pelo exercício. Entretanto, algumas evidências sugerem que o uso de alguns suplementos possa ser eficaz na recuperação da força, potência e resistência, mas a total eficácia dessa suplementação ainda carece de mais estudos.