Como é Realizada a Recuperação de Glicogênio Muscular Pré-competições?

  • 14-03-2021

Burke, Louise M., Luc JC van Loon, and John A. Hawley. "Postexercise muscle glycogen resynthesis in humans." Journal of Applied Physiology (2017).

As diretrizes de nutrição esportiva evoluíram durante a última década e já incorporam a periodização da disponibilidade de carboidratos (CHO) de forma específica para o esporte. Para que os estoques de CHO correspondam às demandas do exercício prescrito, os atletas ainda tentam maximizar a ressíntese de glicogênio muscular entre os treinos mais importantes, ou eventos competitivos.

Neste quesito, é importante compreender os fatores que potencializam, ou prejudicam esse processo bifásico. No período inicial pós-exercício (0–4 h), a depleção de glicogênio fornece um forte estímulo para a ressíntese, com o fornecimento de CHO (~1g / kg de massa corporal) otimizando o processo. Durante a última fase de recuperação (4–24 h), a ingestão de CHO deve atender às necessidades previstas para o treinamento / competição, com o tipo, forma e padrão de ingestão sendo menos importantes do que a ingesta total.

O trabalho citado apresenta uma evolução do conhecimento sobre os protocolos de reposição de CHO, conforme as manipulações da dieta e as reduções da carga de treino nos 7 dias anteriores a uma prova de endurance.

1. O protocolo de carregamento “clássico” para a supercompensação de glicogênio foi desenvolvido por Bergström et al. (1) em indivíduos ativos não treinados e confirmado em indivíduos bem treinados por Sherman e colegas (2).

2. Um protocolo “modificado” de alta ingestão de CHO e redução do exercício, excluindo a fase de depleção, teve sucesso semelhante em atletas no último estudo (3).

3. Trabalhos mais recentes sugerem que a supercompensação ocorre em 24-48 h de redução gradual do volume de treino, com alta ingestão de CHO em indivíduos bem treinados (4).

Referências adicionais

1.     Bergström J, Hermansen L, Hultman E, Saltin B. Diet, muscle glycogen and physical performance. Acta Physiol Scand 71: 140–150, 1967.

2.     Sherman WM, Costill DL, Fink WJ, Miller JM. Effect of exercise-diet manipulation on muscle glycogen and its subsequent utilization during performance. Int J Sports Med 2: 114–118, 1981.

3.     Shearer J, Wilson RJ, Battram DS, Richter EA, Robinson DL, Bakovic M, Graham TE. Increases in glycogenin and glycogenin mRNA accompany glycogen resynthesis in human skeletal muscle. Am J Physiol Endocrinol Metab 289: E508–E514, 2005.

4.     Bussau VA, Fairchild TJ, Rao A, Steele P, Fournier PA. Carbohydrate loading in human muscle: an improved 1 day protocol. Eur J Appl Physiol 87: 290–295, 2002

 

Autor :